segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Zézito... ao país!

... olhó deputado eleito por Castelo Branco...
Ouçamos, pois:
Meus amigos... (ah, porra) Portugueses: (eh pá, calem-se, quero falar...) Só...cra..tes!
Meus Amigos e Camaradas,
Conseguimos.
Nova Maioria, nova esperança (blá, blá...)... blá, blá... maioria para governar [não era preciso a absoluta...]
Não há duvidas... somos muito bons... não foi o PSD que perdeu (ai não?) foi o PS que ganhou... [porra... e repete...]
Já não há mitos... não é só a direita que pode ter a maioria absoluta... sou muito bom... sempre acreditei que a maioria absoluta era possível... (era muito difícil... coitadinho de mim... muito difícil)...
Os vencedores:
O PS
A democracia portuguesa (os portugueses não quiseram saber da minha vida pessoal e mesmo assim votaram em mim...) foi muito bom (porra, tantas palmas)

Agora sim, Portugueses:
- não me vou agarrar ao poder (só durante quatro anos)... é para mim uma responsabilidade... blá, blá... ter estes deputados todos...
- o PS governará "por todos e para todos!" somos muito bons... mas precisamos que vocês paguem os vossos impostos... blá, blá... péssimismo [olha, faz-me lembrar aquele comentador que contou quantas vezes tinha o Zézito dito umas certas palavras... será interessante conta algumas palavras-chave... é que está sempre a repeti-las....] blá, blá... choque tecnológico e tal... combate à pobreza e cumprir os compromisos que o PS firmou com os Portugueses... olha... agora até fala de Europa... não se falou na campanha... mas agora...

Agora um bocadinho de graxa:
Obrigado ao meu partido... trataram-me muito bem... preciso de vocês para o meu governo... a JS faz e acontece (ai que bom... os jovens... os jovens...) o PS está em luta pela maioria absoluta... disseram eles... a J está contigo (funciona a graxa...)
Obrigado aos Jogos das Novas Fronteiras... grande movimento... que é para continuar... essa é abertura (blá, blá)...

Amigos e Camaradas,
bem tenho que cumprimentar a oposição... olha, cumprimentos democráticos... compromisso: vamos tomar atenção às oposições... pois... eh pá, eles são importantes para a democracia... e lá, lá, lá...

Acredito em Portugal e nos Portugueses... sou muito bom... obrigado...

4 perguntas...
Vai reduzir o governo? Pasta das Finanças?
Calma... tenho tempo de fazer isso... tenham calma... agora vou descansar...
O gajo da SIC não perguntou nada...
O da RTP: por onde vai começar?
já respondi na campanha... pela economia...
a gaja da RR: que relacionamento à esquerda? (até que enfim uma pergunta em condições)
governaremos com atenção às sugestões... enfim, fica bem agora dizer isto...
Até já!

2 Comments:

At segunda-feira, fevereiro 21, 2005 2:02:00 da manhã, Blogger INRInacruz, o Observador said...

Queira-me desculpar o meu caro amigo José António Pedro, mas de facto é curioso o tom satírico do texto... Até ao dia 20, tanto se falava que o PS iria precisar do Bloco para poder governar, agora com uma maioria desta envergadura(+ de 120 deputados!) não me parece correcto pretender dizer nas entrelinhas que "já estava no papo", "não foi sequer grande feito para o PS". Resumindo, até há bem pouco tempo, se não fosse o BE coitadinho do PS, a partir de hoje é porque estes resultados não têm nada de mais, é apenas a grande derrota da direita. E quanto ao "blá, blá, blá...", de facto o meu caro amigo tem toda a razão, não será algum mal que tem vindo a afectar todos eles?!!!

 
At segunda-feira, fevereiro 28, 2005 1:19:00 da manhã, Blogger José António Pedro said...

A resposta! (Polémica no jantoniopedro...)

Bom... temos que responder às críticas que O Observador nos faz aqui...


Num comentário a um 'post' da noite eleitoral, em que comentámos em tempo real o discurso do Zézito, o Observador faz-nos algumas graves acusações...


Ora vejamos,
1. Acusa-nos de usar um tom satírico no nosso 'post'. Se há coisa que primamos aqui no jantonio (como já carinhosamente lhe chamamos) é de ser satíricos! Adoramos isso! É isso mesmo que nos dá gosto ao escrever aqui... Por isso, adimitimos. Usamos, quase sempre, neste blog esse tom satírico... gostamos dele. De quando em vez, talvez seja possível ver aqui coisas mais sérias... mas a predefinição é mesmo a sátira...


2. Acusa-nos de ter, pelo menos, dado a entender que o PS precisaria do Bloco para governar... e que agora afirmámos que a vitória do PS já era esperada, citando afirmações que não são nossas...
Bom, aqui a acusação preocupa-nos. Sendo nós, militantes empenhados do CCM (não revelamos a sigla... mas podemos dizer que tem qualquer coisa a ver com os Mata Ratos), nunca aqui defendemos que o PS iria precisar do Bloco para governar... (se alguma coisa aqui defendemos... foi exactamente que o Bloco não iria participar numa coligação de governo e que o PS, se ganhasse as eleições com maioria relativa, deveria, à semelhança do passado, formar governo com essa maioria relativa...) Enfim, em relação às citações... não sabemos de quem são...


3. Derrota da direita... Sempre aqui afirmámos que o CCM é um partido de esquerda (um filósofo qualquer, uma vez afirmou que quem não é nada... quem não pensa nas coisas é de direita... ora nós, sendo apartidários (o CCM não é oficialmente um partido político), não somos apolíticos e afirmamo-nos de esquerda) Posto isto, naturalmente que nos regozijamos com a vitória da esquerda (que diabo! parece que voltámos à Constituinte! Um homem de esquerda tem que ficar contente!) Agora dizer que se não fosse o Bloco coitadinho do PS? onde afirmámos nós isso? Uma coisa também é certa. Este não foi um resultado normal. Porque não há resultados normais... há os resultados que o povo quer.


4. Os Blá, Blá, Blá's... Nada tão certo... terá, com certeza, reparado que todos os que comentei... têm blá, blá, blá's no meu comentário... (E antes que diga que não comentei de propósito o Chiquinho do Bloco... deixe-me dixer-lhe que isso se deve à sua permatura declaração...)


Meu caro amigo, pode replicar...
Boa Noite!

 

Enviar um comentário

<< Home