domingo, fevereiro 20, 2005

Pedrito Fala (tem claque)

Bom,
Portugueses... Viva o Dr. Santana Lopes! Viva! (santana vai em frente... tens aqui a tua gente)...
tenho o discurso escrito... calem-se...
Portugueses,
estou muito contente porque ouve menos abstenção... queria fora daqui, não era?
Já telefonei ao Zézito... parabéns... do PPD-PSL... boa sorte, pá: disse-lhe eu.
Obrigado ao pessoal... hã... obrigado... foi muito difícil disputar eleições (onde é que já ouvi isto... o Paulito te-lo-á ajudado a escrever o discurso)... preciso de colo... fui um mártir...
O óbvio: o PS teve maioria absoluta... (em termos de votos, atenção... o PS teve o mesmo número de votos que no passado... os esquerdalhos é que tiveram mais votos)....
Há um responsável pela derrota... assumo a plena responsabilidade dos três anos e meio... (atenção...com este número de voto até já ganhámos eleições... somos os maiores... não é nenhuma catástrofe!)
Obrigado ao Paulito... e ao CDS... foi muito bom estar no governo com eles... bom, não fizemos a coligação, mas governariamos juntos...
Eh pá, ouvi o Paulito com as lágrimas nos olhos... o gajo não tem filhos, mas é um grande homem... Deus deu-me muito... tenho muito amor a Portugal...
Obrigado ao PPM e ao MPT... que estiveram connosco (porra estava-me sempre a esquecer deles...)...
A responsabilidade desta derrota é [até que enfim que admite] é essencialmente minha...
Mas, ao contrário do Paulito, não tive tudo o que pedi ao meu partido... sou um coitadinho queria colo e ninguém mo dá...
Termina, pois, um ciclo, perdemos... O Presidente é um mau... foi ele o culpado disto...
Assumo as minhas responsabilidades... vou convocar os órgãos do partido e vou convocar um congresso [mas sou suficientemente dúbio... não digo que me demito... convoco congresso...]...
A vida é feita de derrotas e de vitórias... e quem é líder tem de assumir as responsabilidades...
(E, pronto, lá continuo nas minhas metáforas foleiras...)
Amo, Portugal... (Estou disponível para o servir... eh pá, se me deixarem ainda serei candidato a Presidente...)
E pronto... não falo aos jornalistas... convoco um congresso... mas demito-me? demito-me, mas no congresso volto a candidatar-me?
Até já!