quinta-feira, janeiro 27, 2005

Escolher um Primeiro-Ministro (?)

Haverá maior mentira do que esta?
Quando é que deixam de nos enganar com isto?
Quem os eleitores escolhem são os "Deputados da Nação" do seu círculo eleitoral (= distritos, regiões autónomas e círculos da Europa e Fora da Europa)! Não se escolhem Primeiro-Ministros!
Mania "dos da esfera do poder", para bipolarizar a votação, e dos fanáticos pelo "voto útil"...
Esta "mania" trás os lideres para os cartazes... esquecem-se as ideias e fazem-se sondagens em que se pergunta a "honestidade" do candidato... esquece-se que cada partido tem, pelos menos (se se candidatar em todos os círculos eleitorais), 230 candidatos e não um!
E depois, este pensamento fica no povo... que acha que elege um primeiro-ministro! E lhe dá o poder para ele fazer o que bem entender dele... Mas não é assim!
Que se acabe com o parlamento! Eleja-se, então, um governo e, quando muito, uma câmara representativa do país... mas só com deputados do partido que ganhou (como querem fazer nos executivos camarários e bastante semelhante ao que acontecerá quando cairmos na patetice dos círculos uninominais) e, então, pode dizer-se que elegemos o primeiro-ministro!
Boa Noite!