domingo, janeiro 09, 2005

Absolutamente... patético

Permitam-me que transcreva um texto do líder da JSD, que achei delicioso... pois é, meus amigos, isto é que é um líder... assim é que se ganham eleições!

Já não há pudor em Belém”
Ou de como já todos percebemos que o Presidente da República se tornou abertamente tendencioso…

Jorge Sampaio nunca chegou a entregar o cartão rosa quando se candidatou a Presidente da República. Na altura esperávamos que ele o guardasse da famosa gaveta onde Mário Soares trancou o socialismo. Parece agora que não!

O mais alto magistrado da Nação, aparentemente, foi acometido de um forte ataque de nostalgia e deseja recordar os tempos em que ele era apenas o mais alto crítico da oposição!

Mas porque será que os antigos Secretários-Gerais do PS convertidos em Presidentes da República têm tanta saudade dessas funções? É que, se bem nos lembramos, também ao antecessor Soares lhe deu ganas de atacar o Governo e de fazer o trabalho que competia à oposição…

Em recentes declarações, Jorge Sampaio disse que os Governos deveriam ter mais estabilidade e, pasme-se, maior facilidade em atingir maiorias absolutas! Comediante: eis uma faceta que desconhecíamos ao estimado Presidente! Mas maiorias absolutas para quê?! Para vir um senhor com problemas antigos com o Primeiro-Ministro e por causa disso mandar o Parlamento para casa?

Mas quem pensa ele que engana? Será que o Presidente não sabe ainda que agora já todos percebemos melhor as palavras de Ferro Rodrigues no dia em que se demitiu de Secretário-Geral?

É claro para todos que o PR apenas convocou eleições para haver “alternância democrática” – em português decente isso quer dizer que deve ser dada confiança a outro partido porque o actual provou que é mau!

Porém, a Alternância Democrática só é um valor em si mesmo se os partidos puderem cumprir os seus projectos de legislatura. E nestas coisas é necessário ser-se bem claro: o Presidente da Republica impediu o PSD de concluir a sua missão e temos de ser nós a corrigir esta enorme ingerência presidencial na vida partidária.

Desejamos firmemente que Jorge Sampaio ainda venha a pedir desculpa àquela grande maioria de portugueses para quem já deixou de ser Presidente!

Jorge Nuno Sá
"

Este fantástico líder não se importará da minha divulgação, pois publicou o texto no sítio oficial da JSD...
Extraordináio, não é?
Boa Tarde!